Muitas pessoas preferem ir a salões de beleza ou manicures profissionais para fazer as unhas, seja por falta de habilidade, tempo ou simplesmente pela praticidade.

Um serviço especializado pode fazer com que as nossas unhas fiquem com um acabamento melhor, mais bonitas e estilosas, concorda?

Mas você sabia que uma simples ida à manicure pode oferecer sérios riscos para a sua saúde?

Por isso, separamos neste artigo os 5 cuidados principais que você deve ter ao ir na manicure. Saúde sempre em primeiro lugar, vamos lá?

Quais os riscos da manicure?

Como qualquer outro serviço de beleza e estética, a manicure também deve ser realizada de forma adequada.

Além de poder danificar o aspecto e crescimento natural das unhas, fazer as mãos sem alguns cuidados específicos pode levar ao contágio de micoses, fungos, infecções e até doenças mais graves.

Em geral, o problema mais comum de pessoas que frequentam um serviço de manicure mais especializado é a cuticulite, uma infecção causada pela retirada da cutícula em excesso.  Dependendo da profundidade do corte ou machucado, o problema pode evoluir e inclusive necessitar de cirurgia.

Além disso, a falta de cuidados também pode causar doenças mais sérias, tanto nos clientes quanto nos profissionais. Para se ter uma noção, em torno de um terço dos casos de hepatite C são pegos em salões de beleza, principalmente manicures, e estúdios de tatuagem.

Outras doenças transmissíveis, como hepatite B e HIV, também podem ser contraídas na manicure. Isso está relacionado ao risco que alguns instrumentos utilizados na unhas podem oferecer ao causar cortes na pele, como alicates e espátulas de metal, o que facilita a entrada desses vírus no corpo.

Se não forem esterilizados corretamente, esses itens são grandes vias de transmissão, já que algumas dessas doenças, principalmente as hepatites C e B, têm um maior tempo de resistência fora do corpo humano, em torno de 3 dias a uma semana, respectivamente.

Não dá pra brincar com a saúde, certo? Nem mesmo quando se trata de beleza.

Quais cuidados devo ter ao ir na manicure?

Fique calmo, o objetivo deste artigo não é fazer com que você pare de ir à manicure.

Você pode — e deve — continuar aproveitando os benefícios desse serviço, basta adotar alguns cuidados básicos quando for fazer as unhas a partir de agora.

Separamos para você os 5 cuidados principais que você deve ter ao ir na manicure, confira:

Escolha um serviço de confiança

É muito importante que você escolha bem o salão de beleza e o profissional que irá realizar a sua manicure, deixando as suas unhas ainda mais bonitas.

Nessa decisão, você deve considerar questões como: o local é limpo e higiênico no geral? O salão tem licença sanitária? E o profissional, usa álcool e gel para limpar as mãos antes de começar o trabalho? De que forma ele se higieniza para o serviço? Além disso, ele usa luvas em cada atendimento e está com as mãos livres de machucados?

Pensar em todas essas questões antes de escolher onde e com quem irá fazer as suas unhas vai fazer com que tenha ainda mais confiança e segurança antes de ir em uma manicure, não tenha dúvidas.

Observe se o material é esterilizado corretamente

Um dos pontos principais que você deve observar antes de fazer as suas unhas é se o material utilizado é esterilizado de forma correta.

A esterilização evita a proliferação de fungos, bactérias e vírus. Esse processo deve ser feito, preferencialmente, em um aparelho com aprovação da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), como estufas de esterilização ou aparelhos do tipo autoclave, pois são o mesmos utilizados em consultórios médicos e hospitais. Certifique-se dessas questões com o seu salão de beleza.

Caso o local tenha algum processo de esterilização diferente, você deve confirmar se os materiais utilizados na manicures são descartáveis, para garantir maior segurança e proteção da sua saúde.

Atenção para as bacias de água

É comum que, tanto no processo de manicure quanto pedicure, os profissionais utilizem bacias e potes com água. Isso ajuda a amolecer a cutícula e facilita o trabalho.

Porém, você deve se atentar para a limpeza da água e higiene dos recipientes, pois podem ser ambientes propícios para a proliferação de fungos e bactérias.

Cuidado ao retirar as cutículas

Como falamos lá em cima, o excesso na retirada das cutículas pode trazer grandes prejuízos e riscos para as suas unhas. Isso pode causar pequenas feridas e machucados que se tornam a porta de entrada para alguns vírus, bactérias e infecções, facilitando o contágio.

As cutículas são uma proteção natural das unhas e, assim, ajudam a prevenir muitos problemas. Por isso, sempre oriente o manicure a retirar somente o necessário.

Leve o seu próprio material

Uma das melhores soluções para evitar possíveis problemas com a manicure é você levar o seu próprio material. Assim, você fica bem mais seguro com o serviço e tem a certeza de que só você utiliza aqueles itens.

É importante que também faça a própria esterilização periodicamente, caso não sejam descartáveis.

Outro detalhe: é interessante que leve sempre os próprios esmaltes. Você deve encarar isso com a mesma filosofia dos batons: não se deve compartilhar com ninguém. E, ainda, sempre opte por produtos mais novos, pois esmaltes velhos também podem causar fungos.

E não se preocupe se for gastar um pouco mais adquirindo os seus próprios materiais, pois a sua saúde vale mais, certo?

Se você está interessado em saber ainda mais sobre cuidados com pés e mãos, temos outros dois artigos para você: Qual a importância de cuidar da saúde das mãos? e Como cuidar bem dos seus pés. Boa leitura e lembre-se: saúde em primeiro lugar!

Curso Cuidando das Mãos