Espinhas são um problema comum para a maioria das pessoas, nas mais diversas faixas etárias. A inflamação pode afetar desde adolescentes  — com tantos hormônios à flor da pele — até os casos de espinha depois dos 30 anos, devido às mais variadas razões.

O fato é: ninguém gosta de viver com espinhas e queremos fazer de tudo para combatê-las, certo?

Que tal conhecer alternativas práticas e simples para cuidar da acne? Neste artigo, separamos alguns tratamentos caseiros que podem ser efetivos no combate de espinhas no seu dia a dia, confira!

O que é espinha?

Antes, é importante conhecermos o problema para podermos combatê-lo.

A acne é uma lesão que surge na nossa pele por conta da obstrução dos poros, podendo causar inflamação ou não. E, apesar de ser popularmente conhecida como espinha, esta é apenas a condição inflamatória do problema.

No geral, o que leva ao surgimento da acne é o aumento da produção de sebo das glândulas sebáceas. Elas são responsáveis por manter a pele hidratada naturalmente, mas, quando há a hiperatividade dessas glândulas, o excesso de oleosidade produzida leva ao entupimento dos poros, causando maior proliferação de bactérias.

Além das espinhas, a acne também pode ser caracterizada pela vermelhidão e pelo aparecimento de cravos, pápulas, nódulos e até cicatrizes. Outro detalhe é que o problema pode se manifestar em diferentes graus, desde o mais simples e não inflamatório até o mais grave, com maiores lesões e secreção.

Tratamentos caseiros para acne

Felizmente, além dos medicamentos e tratamentos convencionais, algumas técnicas caseiras e mais naturais podem ajudar no combate do problema no dia a dia.

Esses tratamentos podem auxiliar a equilibrar o pH da pele, suavizar o aspecto da acne ou das espinhas, além de remover células mortas, nódulos e cravos.

Quer aprender a combater a acne de forma prática, simples e caseira? Confira abaixo.

Aloe vera

O uso do aloe vera, ou babosa, já é uma técnica conhecida para tratar infecções da pele e também ajuda a tratar acne e espinhas.  

A planta possui um grande poder de limpeza, com ação antisséptica, o que reduz a proliferação de bactérias. Suas propriedades são capazes de penetrar mais profundamente na pele e agir com maior eficácia.

Além disso, o aloe vera pode ser um grande aliado para aliviar a irritação da acne, acelerar o processo de cicatrização e suavizar manchas.

A melhor forma de utilizar a planta é em sua forma in natura — fresca, com o gel 100% puro — pois cosméticos para combater a acne à base de aloe vera são menos eficazes. Sendo assim, retire os espinhos e a casca verde da planta para extrair o gel puro.

Essa planta costuma ser muito utilizada em tratamentos naturais de fitoterapia. Saiba mais em Fitoterapia: o que é e como funciona?.

Chá verde

Outro tratamento caseiro que você pode usar para combater as suas espinhas é o chá verde.

Esse chá possui propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes, o que ajuda a secar as suas espinhas.

Além disso, ele também combate os radicais livres, grandes vilões para a pele e que podem deixar os hormônios desequilibrados, o que favorece o aparecimento da acne.

Máscara de mel e canela

Se você sempre está pesquisando sobre como acabar com espinhas, com certeza já deve ter lido sobre os benefícios de diversas máscaras para a saúde da sua pele.

A máscara de mel e canela é uma das mais efetivas no combate aos problemas de acne, principalmente para as mulheres. Uma mistura de pequenas quantidades dos dois ingredientes traz bons resultados para quem sofre com o problema durante o desequilíbrio hormonal do período menstrual.

Bicarbonato de sódio

Este é, com certeza, um dos melhores tratamentos caseiros para combater a acne, por suas propriedades anti-inflamatórias e antissépticas.

A principal vantagem do bicarbonato de sódio é que ele irá atuar no equilíbrio do pH da sua pele.

Argila verde

Uma outra máscara bastante citada como forma de tratar acne e espinhas é a argila verde.

Essa argila é rica em minerais como óxido de ferro, potássio, magnésio e zinco, o que a torna um ótimo esfoliante natural, além de aliviar manchas.

E não para por aí: a argila verde ainda ajuda a diminuir a oleosidade e promover o equilíbrio mineral da sua pele, resultando em menos acne.

Cuidados básicos no seu dia a dia

Utilizar recursos caseiros pode ser uma ótima forma de complementar o tratamento, mas não a principal.

Além disso, você deve sempre adotar cuidados básicos no seu dia a dia, como limpeza, hidratação e proteção da sua pele. Essas três práticas simples vão fazer a diferença para melhorar todo o aspecto de qualquer tipo de pele.

E, se você já tem a pele oleosa, não se assuste quando falamos que deve hidratá-la. A falta de hidratação pode ser, inclusive, um dos motivos da sua pele estar produzindo cada vez mais óleo. Diante do seu esforço em deixá-la seca e sem brilho, sua pele entende que deve  produzir mais sebo a fim de compensar a falta de hidratação.

E lembre-se sempre: nunca esprema cravos e espinhas, pois pode deixar a sua pele ainda mais manchada e com cicatrizes. Uma alimentação saudável, claro, também é item fundamental no tratamento de acnes.

É importante reforçar que cada pele é única e pode reagir de formas diferentes aos tratamentos. Por isso, descubra qual o seu tipo de pele e cuide da sua pele de forma adequada.

E, mais: lançamos o novo Minicurso: Acne – 10 Minutos por Dia para detalhar o que você pode fazer por sua pele em apenas 10 minutos do dia. Não deixe de aproveitar esse material para cuidar de você!